domingo, 6 de setembro de 2009

UMA MANHÃ DE DESATINO!!!!


Tinha ido comprar o jornaL, telefona-me a Rosa a dizer que a caneta da Insulina estava estragada, tinha-mos estado os dois (ontem) a mexer naquilo e então levei logo com as culpas todas em cima, foi um desatino complecto, ela a precisar de dar a insulina e aquela merda sem funcionar.
Agarrei no estojo e fui ás trêz farmacias de serviço, nimguém percebia nada daquilo, nem tinham canetas novas, porque é necessário um PROTOCOLO, etc.etc.rtc.
Decidi ir ao SAP e a enfermeira de serviço também nada conseguiu, procurou e não encontrou canetas nenhumas, entretanto foi falar com o Médico de serviço, ele veio e era meu conhecido, logo me passou uma receita para uma substituição temporária.
Todo contente chego á farmacia e para mal dos meus pecados, já não se fornecia aquilo e eu fiquei em brasa, quem ia aturar a minha ROSA, QUEM!!!!
Não desisti e na terceira farmacia, houve a hipotese de trazer umas seringas para tirar a insulina de um lado e injecta-la (escalas certinhas e tudo) já estava todo contente, do mal o menos, mas a Farmacêutica não se deu por vencida também e mandou-me esperar, qual é o meu espanto ao ela surgir com um estojo novo igual ao ke eu levava, fiquei desenrascado.
Chego a casa, entrego tudo á minha Senhorita e ela que tomasse conta daquilo, eu não lhe mexia mais, mas ia concertar a outra concerteza e assim foi...
Pus-me de volta da bugiganga e verifico que o mal só podia estar na agulha, retiro a agulha e a coisa dá em deitar insulina ( então e a ENFERMEIRA? pk não viu ela que o mal estava na agulha?) agora tem duas canetas, mas a coisa não ficou por aqui.
Estava a precisar de agulhas, já tinha poucas e lá vou eu novamente á farmacia,sim senhora, temos mas é preciso mais uma receita por causa do PROTOCOLO, lá vou direito ao SAP novamente chatear o médico e lá trago a receita, trago as agulhas,a Mulher já dá a insulina, fiquei com material a dobrar, mas a PORCARIA DOS PROTOCOLOS É QUE NUNCA MAIS ACABAM!!!!