sexta-feira, 22 de maio de 2009

AS AMARGURAS DE ALGUEM !!!

Mais uma vez venho escrever sobre determinada pessoa, pessoa essa que mesmo com a sua vida organizada, uma vida de familia, se vê a braços com a hipócrisia e não é capaz de dizer basta!
A sua infãncia foi de turbilhões, seu pai foi para os cangurus e não quiz acarretar com a responsabilidade de pai, sua mãe também não esteve pelos ajustes e resolveu arranjar quem criasse a filha, ora essa pessoa foi uma avó, mas uma avó muito distante, uma avó sem o amor que uma boa avó sempre dedica a um neto ou neta.
Foi como que uma obrigação e ao mesmo tempo um empate para a sua vida e assim foi criando a sua neta quase ao Deus dará...
Quando a idade da adolescência chegou, foi empurrada para o vai-te desenrascar que já tens idade para isso e assim aconteceu.
Ela soube e conseguiu lutar e a muito custo, com muito sofrimento e desgôstos, sem um ombro amigo por perto, mas lá conseguiu fazer-se uma MULHER e só a si o deve e a mais nimguem, só que o seu coração é tão frágil, tão frágil que não consegue um pouquinho de imposição a quem continua a pensar e a querer ter dominio sobre a sua vida.
Acolheu a sua avó em casa e tem todos os dias um martirio á sua volta, tem o marido e duas filhotas para dar todo o seu carinho e apoio, não quer que as suas filhas possam passar nem só um bocadinho do que ela passou, toda ela é bomdade e compaixão, mas será que vale a pena ser assim?
Porque razão continua esta mulher a ser martirizada por mesquenhices de uma pessoa que nunca lhe quiz o melhor?
Mas não é tudo,para cúmulo , ainda se junta agora a sua mãe que também esta de vez em quando se lembra de aparecer e não é para lhe dar nada de bom, mas sim para ser mais uma a dar-lhe cabo da cabeça e do coração.
Digam-me lá, que condão é este de ter uma mãe e uma avó desta natureza!
Amiga, não podes ser mais forte do que és?
Não consegues roubar um pouquinho da bondade do teu coração?
Vais aguentar este martirio até que chegue o dia de ela partir para outro mundo?
Ganha coragem e enfrenta as féras, nem que tenha de ser com chicote...

ps/não sabem de quem estou a falar não é verdade?
estou a falar de uma pessoa que escreve poemas maravilhosos
que coloca postagens de sentimentos únicos
que só sabe dar amor ao próximo
que tem um coraçãosinho de ouro e tão frágil ao mesmo tempo
estou a falar da minha fantástica e querida amiga ilya.

http://almasemcor.blogspot.com