sexta-feira, 17 de abril de 2009

MAIS UM 25 DE ABRIL


A Maioria de vós, não viveram antes do 25 de Abril, não sabem ao certo como era a vida, a Sociedade desses tempos e por isso sentem-se felizes por viver em Liberdade de Expressão, de actos, enfim, de uma liberdade sem jeito.
Era Fascismo? Era sim senhor!
Tinha-se limitações? É verdade!
Vivia-se com dificuldades? E agora?
Só tinha m~edo do Salazar quem contra ele conspirava, quem tinha ideias que em nada abonavam em proveito de nimguèm
Faltava trabalho? Nunca!!!
Estava-se insatisfeito num patrão, largava-se e no outro dia estava-se noutro.
Não se sabia um que era um filme pornográfico?
E que falta fazem?
Mas haviam filmes com lindas histórias de Amor!!!
Havia ordem na via pública e agora há o quê?
Havia respeito pelas pessoas
os jovens respeitavam os pais e os mais idosos.
Os trabalhadores respeitavam as entidades patronais e eram recompensados por isso.
Nos dias de hoje o que há?
Há a tal liberdade tão mal conseguida e muito pior ainda vivida.
Quem for a favor desta Democracia, então que a viva com alegria
Para mim, resta-me ser SAUDOSISTA dos tempos antes 25 de Abril.

FALTA DE TUDO!

Vou iniciar mais uma Semana de trabalho, de luta pela vida mas não sei até que ponto valerá a pena continuar a viver nestas incertezas.
Diz-se que no outro mundo, existe verdadeira paz e talvez fosse preferivel ir viver para esse desconhecido mundo do que andar por aqui, onde as falsidades e as hipócrisias são mais que muitas.
Tentem vocês , viverem uma vida melhor, ou se já tiverem uma vida bem estabilizada, que a saibam conservar, eu vou lutando, mas sem vontade e sabe-se lá até quando...

Sorriam por vós ,eu vou gostando de sentir-vos felizes.
Tenham uma boa semana e até um dia???

A CRISE CHEGOU ATÉ MIM!!!

Entre tantas ondas de crise que me afectam, só faltava agora a mais indesejada e aquela que faz desesperar.
É verdade!
Ainda não se sabe a volta que esta empresa vai dar, o certo é que já estamos a sofrer na pele
já andamos com ordenados em atraso e sem saber-mos o rumo disto.
Eu espero que se dicidam rápidamente, porque assim é que não dá mesmo.
Era quase impensável, mas está a acontecer.

Bem! Com este péssimismo todo, vos desejo dias melhores que os meus!!!