sexta-feira, 29 de agosto de 2008

FIM DE DIA TRISTE.

OS DIAS 29 E 30 Passaram a ser dias de muita tristeza.
Para mim a coisa ainda se vai desanuviando devido á ocupação do trabalho
mas chegar a casa e encontrar alguém numa lástima, não tirando do pensamento a desgraça, é algo que corta o coração.
é uma coisa que deixa transtornado, porque por muito que eu queira
dar apoio e mentalização, não consigo superar na totalidade.
Hoje foi mau, amanhã vai ser igual ou pior ainda.
Faz 3 meses que aconteceu o inevitável, aconteceu o que se esperava, mas que nunca houve mentalização que iria realmente acontecer e parece que em vez de com a passagem do tempo, ir passando também a saudade, é precisamente o contrário.
Sinto e vejo que a dor é cada vez maior, as saudades aumentam, as conversas são frequentes, as lembranças do que fazia são uma constante e cada vez mais vejo mais amargura na pessoa que amo.
É isto a vida, uma maldita vida quando nela prevalece a DOR E O SOFRIMENTO.