terça-feira, 1 de julho de 2008

DESCULPEM-ME!


Venho pedir desculpas pela minha ausencia mas o tempo é muito curto, de qualquer forma deixo aqui esta ROSA como sinal de que continuo presente.
Quem da flor gostar que a recolha.

Abraço sempre amigo e de muita consideração.