quarta-feira, 30 de janeiro de 2008

UMA GAJA - EU- E A- JÚDITE!

Em tempos que já lá vão e em terras longinqúas andei eu a dar o "COIRO" e a passar necessidades de tudo até que chegou a altura de poder saciar alguns desejos e claro que não perdi tempo e no fim de já ter experimentado umas "Belas Mulatinhas" eis que Embeicei por uma Indiana, meteu-se-me na cabeça que tinha de ir com ela para a cama e fui ( quando um gajo mete uma gaja debaixo de olho é do caraças)e tornei a ir só que nunca imaginei o que me esperava.
Uma bela noite estava eu no habitual BAR e eis que entra a dita Sra acompanhada por dois sujeitos e os quais a mim se dirigem pedindo-me que me identificasse e depois que os acompanhasse, eram da JÚDITE e tinham uma queixa contra mim porque a Tabanca da DITA tinha sido assaltada, claro que me larguei a rir, então andava eu ali no gozo de umas merecidas férias, livre do mato, das metrelhadoras, das minas e tinha logo de ir assaltar a palhota de uma "Indianazeca" lá se esclareceram as coisas e eu não podia ficar a perder e então se PAGAVA por lá ir, ela teria de pagar pelo que me fez e pagou,enquando por lá continuei, já não foi muito tempo, mas ainda deu para dar umas trancadecas e nada pagar!
Fui eu para tão longe para quase ter ido de GAIOLA!
DINHEIRO, É o que toda a gente quer, todos merecem mediante o que fazem, nestes casos existe quem o faça por acréscimo de orçamento, outras são a isso obrigadas pois nada mais conseguem para se sustentar, mas tentar ludibriar está complectamente fora de questão pelo menos para mim.
Só mais uma coisinha; a GAJA era mesmo MAGNIFICA na entrega do seu CORPO!