quinta-feira, 18 de dezembro de 2008

Natal...
É quando um homem quiser!
E eu quero!
Que seja Natal a vida inteira!
Quero acender a fogueira
De lume brando, de rubras labaredas!


E quero sentir a tua fome e sede saciadas...

Quero sentir nas minhas mãos enrugadas
O teu rosto macio como as sedas!

Quero que seja Natal, de madrugada

Na noite ...
Na rua manchada pelo suor do teu corpo...
Enfraquecido

Quero vivê-lo contigo...

E estendo-te a minha mão
Sem laço, só coração
Neste mágico momento!

Não, não baixes o teu olhar
És dor que eu quero apaziguar
Irmão, meu triste lamento!
<<<<<
Neste eterno e terno Natal...
Que é quando um homem quiser!

>>><<<<<<


click to comment

13 comentários:

Antonio saramago disse...

SÓ PODIAS SER MESMO TU...OBRIGADO!!!!

Cercatrova disse...

O poema está giro!

És o autor?

abraços

Andreia do Flautim disse...

Bom Natal!

soggyscheme disse...

bom natal =)

sonhos/pesadelos disse...

lindo lindo lindo!!!!!
sabes que adoro o Natal, o poema está muito bonit, adorei.
bjs endiabrados

tibéu disse...

O poema está lindo, parabens se for teu se não for parabens na mesma pela escolha. bj grrrrrrrrrr

Menina do Rio disse...

A força do pensamento

A minha sugestão para estes tempos é:
Vamos doar-nos mais e diminuir o individualismo!
Que tal, um pouco mais de atenção aos filhos, aos
companheiros(as), aos almoços de domingo, menos
eu e mais "nós"?
Prega-se tanto amor, mas cada um só vê o seu
desamor; todos correndo numa busca louca de ter,
que acabamos por esquecer-nos de "ser".
Já viram um Maracanã lotado em dia de clássico?
Existe no futebol o chamado "inconsciente coletivo"
Esse "inconsciente" é capaz de virar um jogo!
Então imaginem 10 mil Maracanãs cheios! E o inconsciente
coletivo dessa torcida toda; uns pelos outros!
Não só em tempos natalinos, mas em todos os dias
de nossas vidas! Se é verdade que a FÉ move montanhas,
então imaginem do que somos capazes se direcionarmos
nosso "inconsciente coletivo" uns aos outros; se
"crermos" e agirmos conforme essa crença.
Podemos fazer a diferença...

Esses são os meus votos de Natal!
Beijinhos
(Verô)


"Nenhum homem é uma ilha, isolado em si mesmo;
todos são parte do continente." (John Donne)

Ovinho Estrelado disse...

Gostei imenso destas palavras que li, mesmo que não sejam tuas. Mas sente-las e parece-me que és daqueles que as sabe viver em cada dia de Natal que por nós passa, ao longo de todo o ano.

Beijo para ti e para a tua querida Rosinha!

:)

cõllybry disse...

Lindo o poema...





...._.;_“.-._
...{`--..-.“_,}
.{;..\,__...-“/}
.{..“-`.._;..-“;
....`“--.._..-“
........,--\\..,-“-.
........`-..\(..“-...\
...............\.;---,/
..........,-““-;\
......../....-“.)..\
........\,---“`...\\
....._.;_“.-._ Que a harmonia envolta teu Ser

neste Natal...E as estrelas o iluminem...

Doce beijo

BlueVelvet disse...

Não sei de quem é o poema, mas é lindo e de certeza que o sentes.
Um Feliz e Santo Natal para ti e para a tua Rosinha

Pico minha ilha disse...

Que neste Natal a paz e o amor viva em nosso coração.Um feliz Natal para si e todos que ama.Um enorme abraço

Andreia do Flautim disse...

Feliz Natal!

Tatah Marley's Confissões disse...

um Feliz Natal pra tiiii meu amigo!
x)