quinta-feira, 6 de março de 2008

DIA DA MULHER





Vem aí mais um dia da mulher, um dia em que nem todas as Mulheres podem desfrutar dele.
Já há alguns anos que a Mulher se conseguiu libertar das amarras da casa e dos próprios companheiros.
Ainda me recordo bem dos tempos em que a Mulher era prisioneira
que não podia ter um pouquinho de liberdade e se a tentava depressa era maniteada-
Quero aqui deixar expresso os meus votos para que todas as MULHERES possam GOZAR ESSE DIA COM LIBERDADE E ALEGRIA.
A todas vós, JOVENS OU ADULTAS, MÃES OU SEM O SEREM, MAS QUE SEJAM TODAS FELIZES AO MENOS NESSE DIA 8 DE MARÇO.
Como nada mais tenho para vos oferecer, aqui deposito estas floritas
para quem desejar recebe-las.
Um grande beijinho de felicitações para todas
votos para que não se deixem ficar prisioneiras.

5 comentários:

Gaja Boa 2 disse...

Eu levo uma flor para mim! Obrigada! És um verdadeiro cavalheiro!!!

obrigada

Menina do Rio disse...

Maria mulher

Casou-se aos 13 anos cedida pelo pai,
como era comum em outros tempos!
Ainda brincava de boneca aos 14 quando
se tornou mãe. Foi quando sobe o que era
amar. Não amar um homem, pois isso ela
nunca soube...resignava-se apenas as duras
penas impostas. Mas era um amor infinito
que sentia por sua bonequinha viva.
Do marido, sofria maus tratos e agressões,
mas olhava pra filha e suportava calada.
O difícíl foi ter que explicar com o tempo, as
marcas e os olhos roxos. Dizia a si mesma que
era sina de Maria... Aos 26 anos Maria tinha 5
filhos e seu corpo já estava em trapos. Um dia
o estrupício do marido saiu pra caçar onça e
foi caçado. Maria velou seus restos mortais,
mandou enterrar e ao invés de guardar luto, ela
juntou filhos e bagagem e rumou dali para
a capital. Colocou os filhos num albergue e foi
ganhar a vida nas ruas vendendo balas. À noite
ia acarinhar os filhos e prometia que tão logo
pudesse os levaria pra uma casa. E segue Maria
trabalhando nos sinais de sol a sol. Depois de um
tempo, montou uma barraquinha, alugou uma
casinha e trouxe seus pequenos. A vida era dura,
mas ela sempre dizia que amanhã seria melhor.
Hoje, Maria tem 65 anos - e os seus filhos, um é
médico, outro engenheiro, um químico, um dentista
e sua filha é diplomata. A todos ela deu a seguinte
lição: " As vezes a vida é um labirinto de pedras
pontiagudas e , embora te rasguem as carnes, é
preciso encontrar a saída". Maria é uma lição de
vida pra tantas outras Marias...

Beijos

tibeu disse...

Levo a flor que guardarei com muito carinho. Obrigada e votos de bom fim de semana bj

Um Momento disse...

Muitissimo Obrigado meu Amigo
Levo uma pétala de cada flor que nos ofertas soprando um beijo em seu lugar... bem saidinho do coração:)))))))
Desejo-te um lindo e colorido fim de semana:)))))))

(*)

anjo disse...

Eu já tenho a minha fôr ;) obrigado beijos doces